E se a Microsoft bloqueasse o uso do Windows pirata, o que você faria?

Tá, o título parece fora de contexto num forum de sistema baseado no kernel Linux, mas é uma pergunta pertinente e arrisco dizer improvável (sugiro assistir o video A pirataria de software é um modelo de negócio ==>)
Mesmo assim, vamos supor que Bill-the-Hut tenha ido conhecer São Pedro e a nova administração resolva que não há mais necessidade de deixar os usuários de máquinas sem chave válida usar o sistema. Ignoremos que a primeira vista quem mais seria prejudicada seria não só a Microsoft como também todo o ecossistema que roda sobre a plataforma (Adobe, Autodesk, etc).

Numa análise rápida temos de um lado, com grande maioria, as pessoas que adquiriram seus PCs com Windows OEM e portanto possuem chaves válidas. Depois viriam os que adquiriram o sistema pela loja da Micrisoft por dependerem do sistema para trabalho, e por último os que adquiriram PCs montados por lojas (PCs gamers por exemplo) e portanto não necessariamente com Windows pré instalado. Fiz uma cotação na Pichau usando a configuração mais barata disponível na página de configuração e consegui o valor de R$2.045,87 sem sistema e não há mais a opção de escolha.
Este título então é para estas pessoas que não possuem a chave válida e terá seu PC com Windows bloqueado para sempre.

Valores
Na loja da Microsoft o preço do Windows 10 Home está por R$1.099,00 (22/05/2021) e a versão PRO por R$1.599,00.
Não sei quanto a MS parcela seus produtos na loja, então peguei o preço de R$ 1.618,00 pela Dell onde ela parcela em 10 x de R$161,80

Então, o que você faria? Compraria o Windows pois não existem soluções para Linux que lhe atendam? Ou passaria a usar um sistema com Linux mesmo não podendo fazer tudo o que fazia com o WIndows?

Em breve: O que você faria se o Linux passasse a ser pago? ;-)

Comentários

  • Não me mudaria em nada se o windows bloquear a instalação "pirata" já que nem uso mais.
    Agora o Linux vim a ser cobrado teria que quebras as 3 Liberdade e elas deixa de existir. Mesmo assim acho impossuível de isso acontecer.
  • Francis disse:

    Não me mudaria em nada se o windows bloquear a instalação "pirata" já que nem uso mais.
    Agora o Linux vim a ser cobrado teria que quebras as 3 Liberdade e elas deixa de existir. Mesmo assim acho impossuível de isso acontecer.

    Não lembro de estar definido na GNU que a precificação fosse proibida, muito pelo contrário, pelas palavras de Stallman “free as in speech” not “free as in beer”
  • kretokreto Creto
    Francis disse:

    Não me mudaria em nada se o windows bloquear a instalação "pirata" já que nem uso mais.
    Agora o Linux vim a ser cobrado teria que quebras as 3 Liberdade e elas deixa de existir. Mesmo assim acho impossuível de isso acontecer.

    Não, não é proibido cobrar por um sistema que use o kernel Linux, há opções pagas dele já a algum tempo como os RH's, ou mesmo o manjaro vende, já que há pinephones com manjaro embarcado PinePhone Archives

    T+
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.